sexta-feira, 24 de junho de 2011

Coletivo Versus Individual. (Corredores de ônibus)

Acredito que a nova lei, esta tramitando como projeto na câmara de vereadores, e que pretende permitir o uso dos corredores de ônibus por carros nos fins de semana e táxis seja aprovada, pois vivemos, infelizmente, em um país do jeitinho. Alguém deu um jeitinho em uma cidade e todas as outras têm que seguir e privilegiar poucos.

A permissão de uso de corredores por carros fora do horário de pico não tem lógica, pois se não tem movimento para que os carros necessitariam de mais uma pista? Isto só criaria um problema, pois hora pode hora não pode, criando uma confusão na cabeça dos condutores. Domingos e sábados foras dos horários de pico só há um lugar que tem engarrafamento, na entrada de um determinado Shopping, com a liberação dos corredores no fins de semana seria afetada diretamente o sistema de transporte coletivo naquele lugar. Fazendo com que o ônibus fique preso no corredor atrás de uma fila de carros.

Quanto ao táxi; começa abrindo uma exceção para este, pois detêm uma permissão pública, depois para os escolares que também detêm uma permissão pública, e assim na hora do pico quando deveria ter o ônibus caminho livre no corredor, terá 5 ou 6 veículos atrapalhando sua aproximação do ponto de ônibus.

Os pontos de ônibus são próximos aos sinaleiros, um exemplo é entre a Ângelo Dias e a Floriano Peixoto, assim se tiver 2 ou 3 táxis em fila esperando o sinal verde, este impediriam a chegada do ônibus no ponto de pré-embarque. O ônibus que poderia aproveitar o sinal vermelho para embarcar e desembarcar passageiros vai ter que perder tempo enquanto este estiver verde.

Querem prejudicar o sistema de ônibus COLETIVO público em nome de detentores de permissão pública para transporte INDIVIDUAL de passageiros. O nome fala tudo COLETIVO X INDIVIDUAL. E como sempre a tendência é que o individual seja beneficiado, pois muitos políticos veem no individual uma forma de ganhar voto.

2 comentários:

  1. Bom dia Carlos.

    Mandei um e-mail para o endereço crp.hist@gmail.com.br, mas o Google disse que ele não existe.

    thiagocv at gmail.com

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Já arrumei...É . com sim sem o Br

    ResponderExcluir